Já me lixaram o Natal…..

Eu que nem gosto do Natal, e qua a unica coisa que tem de positivo é poder ir à caça do Pai Natal nos Shoppings do nosso país nem isso vou poder fazer este ano….e porquê? perguntam vocês meus petizes….

Porque vou ter um sacana de Pai Natal na Familia!!!!

Isso leram bem….O meu velho e reformado Pai como não tem nada que fazer e gosta de ganhar uns trocos resolveu se inscrever numa dessas Agências de Pais Natais que andam por ai…e pior…aceitaram o homem!!! arggghhhhhhhhhh

Sei que vocês partilham a minha dor…mas nem tudo está perdido…se o velho se fizer rodear de simpaticas elfas como as que estão representadas na foto deste post…ainda sou capaz de me esquecer das minhas crenças anti natal e dar uma mãozinha ao meu querido pai ahahhahahah

Entretanto peço desculpa pelo abandono a que este tasco tem sido sujeito…mas deixi-vos aqui duas sugestões bem catitas de musiquetas fresquisimas neste inicio de Outono


Alice in Chains – Check My Brain


SCAR SYMMETRY – Noumenon And Phenomenon

medicos ou meros talhantes

Olá Miudagem, quem me conhece sabe que só vou ao medico quando estou a pedir para me abaterem, de modo a terminar com o meu sofrimento, uma atitude parva dizem uns…que uma pessoa quando se sente mal..deve consultar rapidamente um medico e coiso e tal…..

Poissssssss……….há 2 dias tive que ir estrear a nova UBS aqui da zona pois devido a uma infecção tinha tantas dores que por pouco não arrancava a zona afectada com as proprias mãos…ou seja apetecia-me um pequeno tempinho de saudavel brincadeira…em vez disso lá fui às urgencias….

Resultado…terminei o dia convencido que a minha mania masoquista de ir ao medico só em ultimo caso é valida….em vez de me tratarem..tentaram me matar…a velhaca da medica….

Explicando…entro lá…pago a taxa moderadora vou ao rastreio….digo à enfermeira(bem jeitosa por sinal) que tenho alergia à penicilina…a simpatica da enfermeira até me colocou uma fita extra no pulso com “alergico à penicilina” escrito…

Vou à consulta…que durou um minuto e meio no maximo….a medica passa-me um antibiotico eu pergunto se o dito contém penicilina….a resposta da “senhora Doutora” foi negativa…..e lá fui eu todo contente comprar o medicamento….

Chegado a casa…tomo a 1ª de 3 capsulas diárias…e resolvo ler a bula…”não aconselhavel a pessoas com hipersensibilidade à penicilina”…………..que bom é poder confiar nos medicos…..depois de ligar à linha 24 e me confirmarem que de facto tive sorte em não tre sofrido uma reação alergica e que não devia tomar o medicamento voltei à UBS a xôra copia reles de doutora já não se encontrava em serviço…fui atendido por um colega que começou logo por dizer que não o medicamento não era penicilina e tal…mas depois de ler a mm bula mudou de ideias….e receitou outro…não admitindo o erro da “colega” ……

Agora será que devo processar a nova UBS e pôs o nosso presidente Seara a arrancar o resto dos poucos cabelos que ainda têm?

de volta ao inferno

Terminaram mais umas mini ferias……e como de costume…por motivos de ordem varias passei as ditas na zona do costume…nos suburbio “maravilhoso” onde habito…mas com tanto turista sem € que invade Sintra nesta altura do ano(sim porque os desgraçados da europa vêm todos parar aqui) fez-me sentir como se estivesse no estrangeiro…tantos os idiomas diferentes que ouvia nas esplanadas…ou eram turistas ou emigrantes ilegais….é dificil distinguir quando ambos os grupos parecem estar preparados, para ir vender para o mercado biologico da vila….muhahahah!!!

Fora isso foi as idas à praia do costume…ou melhor à esplanada do costume…deitar umas jolas abaixo que o vento e a minha delicada pele não aguentam estar muito tempo na areia…

Jantaradas e churrascadas….e mais outras coisas terminadas em adas…..

Espanholas a me confundirem com Alejandro Sans o que teve o seu quê de hilariante no momento…até que após uma pesquisa rápida no google vim a descobrir que o homem está gordo que nem um texugo….e daí compreender a comparação!

enfim…umas mini ferias animadas….e pronto para voltar à pasmaceira de um escritorio de contabilidade……é a loucura…..as proximas ferias serão para dezembro….até lá….tenho que controlar as subitas vontades de chachinar os meus colegas e patrões….

o que me vale é os sons novos que levo no ipod…para hoje apresento-vos o novo album dos killswitch Engage:

Estes senhores simplesmente não sabem fazer álbuns maus

Uma questão de atidude

Hoje o vosso blogueiro teve que tomar uma daquelas atitudes drásticas, que felizmente, não surgem muitas vezes…

Infelizmente a minha familia há muito que não é unida derivado de um negocio em sociedade que se manteve durante decadas….o que é pior que um casamento, o que veio a dividir os dois casais envolvidos. os filhos por outro lado sempre tentaram se manter ao lado destas coisas, apesar do meu lado ter sempre sido ostracizado de forma absloutamente absurda, até porque devia se manter neutral.

Agora no melhor pano cai a nódoa….um dos petizes mais novos vai se enforcar(casório) e como vocês sabem…abumino os casamentos…mas quando toca a familiares…sempre fiz o esforço, devido à velha máxima “é familia convém ir… ” convitezinho de tão giro que até um gajo fica mal disposto no correio…mas na caixa dos meus pais..nada…. toca a mandar sms ao noivo que aliás nutro um grande respeito e amizade por ele, não acreditando muito que tal atitude fosse possivel….deve ter sido esquecimento…

Ingenuidades à parte….”ah e tal, não era consencual, ainda tentei falar com os teus pais, mas não se encontravam em casa…e coiso e tal…tenta compreender”…. daaaaaassssssss!!! compreender o quê?!!! então na altura que me convidaram não podiam ter dito qq coisita?….já não houve mais que tempo para um telefonema aos meus pais?….

Claro que compreendo caro primo…aqui também não é consensual que se vá à puta da cerimonia que serve para agradar aos paizinhos e te fazer passar dos 80 kgs para os 180 em 2 anos….boa sorte e que não te pesem muito…as atitudes ficam com quem as toma…

Ponto positivo….lá escapei a mais um casório…quem disse que não era um gajo de sorte? muhahhahahah

Epultura – Attidude(live)

Coisas que odeio no Verão I

A não ser que trabalhe numa loja de surfistas, ou seja um desses cromos, ou que se trabalhe na rua….o facto de não poder ir para o work de sandalias…..ou chinelos…como preferirem ahahah….dá-me cabo da cabeça…e do corpo…qq dia da.me uma coisa má na cabeça e tiro os tenis e meias…muhahahah….é desta que faço com que os vegetais dos meus colegas se atirem da janela!

Pois…é nestes casos que invejo o gajedo…em poder andar ali com os deditos à mostra ( e que belos dedos aparecem por vezes)

Meiazinha,…sapatinho…ou tenis….é tortura….já não basta a tortura de ver como o calor incha a maior parte das minhas colegas…dassss

Curtas

Fim de semana começando com mais um projecto musical de uma querida amiga, passando por conversas de praia a discutir a ajuda necessaria a mais um projecto de um outro amigo fechando, conhecendo o resultado de um projecto de um 3º amigo…..fico contente por eles…adoro o resultado do seu empenho…mas por outro lado, sinto inveja e algum desalento por não conseguir encontrar o mesmo entusiasmo para algo que me faça saír do marasmo do dia a dia.

O poker está a dar-me ataques cardiacos constantes… o meu grafico de ganhos parece os dentes de um serrote.

As minhas vizinhas evitam o contacto visual comigo….eu sabia que tinha um “charme” intimidatorio.

Ahhhhhh….e voltei à fabrica braço de prata…para verificar que aquilo no verão fica deprimente….não sou só eu que não acho piada a esta época….as grandes colectividades culturals da nossa LX também partilham essa revolta ahahahah

3º mundo

Cada vez mais me convenço que habitamos um país em tudo semelhante a qualquer enclave africano….acordar e a caminho da tortura diária ouvir na radio que:

Seis doentes perderam a visão após operação a uma doença dos olhos.

É das coisas mais chocantes para quem alimenta a ideia de que vivemos num país moderno…culto…e inserido numa ideia global de civilização….

A M. vai me bater….mas quando penso no universo hospitalar Tuga e nos medicos que povoam esse mundo só deles…me faz lembrar um misto entre o filme Coma e o livro feira das vaidades….tenho uma ideia muito propria dos medicozinhos portugueses….que a sua larga maioria vive recalcado por ter passado quase 30 anos a marrar duramente para empinar tudo o que era nome de doenças e de medicamentos, sacrificando os melhores anos da sua vida, perdendo a sua virgindade lá para os 27/28 anos e tendo como amigos apenas outros medicos recalcados, arrogantes e que ganham o que querem…é raro aquele que sacrifica o seu jogo de golf para chegar a tempo ao centro de saude onde tem dezenas de doentes há horas esperando pela sua consulta e depois são despachados de modo frio e arrogante em 5 minutos…

Usam e abusam da liberdade para criar clinicas privadas e de acordos com seguros de saude para destruir um SNS e com isso prejudicar quem lhe pagou um curso e permite levar uma vida com regalias superiores a maioria dos cidadãos do seu país…

E podia ficar o dia todo nisto, claro que estou a ser injusto…e M. não me batas ;)…mas sempre que vou ao medico saio de lá pior so por causa do ar deles….

claro que há esperança nas novas fornadas que saem da universidade…a ver vamos…