Culto do individuo….ou o fugir com o rabo à seringa

Já repararam como a marcha nupcial é muito semelhante à marcha fúnebre?ahahahah…..em conversa com um amigo, ele chamou-me à atenção para essa coincidência….eu que já andava a pensar na temática do porquê que as pessoas consideram o casamento um fim…desde que li esta discussão no pedacinhos de uma vida

De Facto, poque é que consideram um fim?….na minha opinião, porque é o fim do individual…dai a marcha nupcial, ser muito semelhante à fúnebre, é o funeral do individuo….Deixas de ser o zé ou a ana….para seres conhecido por o marido de tal ou a esposa de fulano tal…..

E hoje em dia…em que o culto do individual está fortemente estabelecido…..é problemático essa aparente perca de identidade….

Estaremos a caminhar para um mundo de isolados, com medo de se relacionarem e com medo de perderem o sentido do individuo?…ahahahahah

Não que eu seja contra o casorio ou um qualquer tipo de ajuntamento 😉

Hoje deu-me para divagar sobre estas coisas…..é o que dá finais de tarde a olhar para o palacio da vila de sintra….ahahahah…pior que a droga pá… 😉

Por falar em casorios…..aqui fica um clip com um casamento Rockeioro…

Guns N’ Roses – November Rain